Publicidade
LEO

Parece que você está usando um bloqueador de publicidade.

Você quer apoiar o LEO?

Desative o bloqueador de publicidade ou faça uma doação!

 
  •  
  • Home

    Sala de bate-papo

    Wer verstehen will, was sich hinter den aktuellen Unruhen versteckt

    Assunto

    Wer verstehen will, was sich hinter den aktuellen Unruhen versteckt

    Comentário
    Hier ist eine Seite:
    http://ireport.cnn.com/docs/DOC-988431

    Heute gibt es Solidaritätskundgebungen auf der ganzen Welt
    Siehe
    http://www.geledes.org.br/areas-de-atuacao/qu...

    In Zeiten, wo jeder sein Handy dabei hat und filmen kann, wie die Polizei auf friedliche Demonstranten mit Tränengas losgeht und wie die Polizei eigene Autos zertrümmert, um die Gewalttätigkeit der Demonstranten zu beweisen, tut sich Regierung mit Hilfe von Rede Globo de Televisão und Globo Zeitung schwer mit der Glaubwürdigkeit, es handle sich nur um ein paar Chaoten, die Randale machen wollen...

    Edit: ich stelle fest, dass irgendjemand die obigen links seit gestern manipuliert hat... Die Daten über die Kundgebungen in den jeweiligen Städten sind zensiert worden. Die Seite von CNN auf PT ist aus dem Netz geholt worden http://ireport.cnn.com/docs/DOC-989192
    Im Facebook haben wir festgestellt, dass viele Sites mit den Filmen über die gewalttätige brasilianische Polizei auch plötzlich "verschwunden" sind.
    Es gibt aber so viele Links, dass es denen nicht möglich sein wird , den Protest zum Schweigen zu bringen.
    Hier die Übersetzung des CNN-Artikels
    http://sempreguerra.blogspot.com.br/

    ESPECIAL CNN: O que realmente está por trás das revoltas brasileiras?
    Os protestos que vêm ocorrendo no Brasil vão além dos R $ 0,20 (0,10 dólar EUA) elevadas nas tarifas de transportes públicos.

    O Brasil está atualmente passando por um colapso generalizado de sua infra-estrutura. Há problemas com portos, aeroportos, transporte público, saúde e educação. O Brasil não é um país pobre e as alíquotas são extremamente elevados. Brasileiros não vêem nenhuma razão para ter essa infra-estrutura ruim quando há tanta riqueza que é tão altamente tributado. Nas capitais as pessoas passam até quatro horas por dia no trânsito, ou em seus carros ou transporte público lotado que é de muito má qualidade.

    O governo brasileiro tem tomado medidas corretivas para controlar a inflação, cortando impostos e ainda não se deu conta de que o paradigma deve mudar para uma abordagem focada na infra-estrutura. Ao mesmo tempo, o governo brasileiro está se reproduzindo em pequena escala o que a Argentina fez há alguns anos atrás: evitar austeridade e impedir o aumento das taxas de juros, que está levando a alta inflação e baixo crescimento.

    Que não seja o problema de infra-estrutura, existem vários escândalos de corrupção que permanecem sem julgamento, e os casos que estão sendo julgados tendem a terminar com a absolvição dos réus. O maior escândalo de corrupção da história do Brasil, finalmente, terminou com a condenação dos réus e, agora, o governo está tentando reverter o julgamento, usando manobras por meio de emendas constitucionais inacreditáveis: uma, a PEC 37, que irá aniquilar os poderes de investigação dos promotores do ministério público (o equivalente brasileiro dos Advogados do Distrito), delegando a responsabilidade de
    investigação inteiramente à Polícia Federal. Além disso, outra proposta visa submeter as decisões do Supremo Tribunal Federal ao Congresso - uma violação completa dos três poderes.

    Esses são, de fato, as revoltas dos brasileiros.

    Os protestos não são meramente isolados, sindicalizados movimentos ou motins de extrema esquerda, como alguns da imprensa brasileira dizem. Não é uma rebelião adolescente. É a revolta da parte mais intelectualizada da sociedade que quer colocar um fim a essas questões brasileiras. O jovem nacional de categoria média, que tem sido sempre insatisfeito com o esquecimento político, agora "desperta" - nas palavras dos manifestantes.

    Fonte: CNN


    Autor(a)CARIOCA (324416) 17 Jun. 13, 01:30
    Comentário
    Arnaldo Jabor:
    Amigos, eu errei. É muito mais do que 20 centavos
    Audiobeitrag

    http://cbn.globoradio.globo.com/comentaristas...
    #1Autor(a)CARIOCA (324416) 17 Jun. 13, 23:11
    Comentário
    #2Autor(a)CARIOCA (324416) 18 Jun. 13, 18:03
    Comentário
    Nach ähnlichen Bildern aus der Türkei haben es die Meldungen und Bilder aus Brasilien nun auch hier in Europa in die Nachrichtensendungen geschafft :
    Deutschland :
    http://www.tagesschau.de/ausland/brasilien-pr...
    Frankreich :
    http://www.francetvinfo.fr/video-manifestatio...


    ... triste ...
    #3Autor(a)no me bré (700807) 18 Jun. 13, 20:47
    Comentário
    Danke sehr, Carioca, dass du uns hier auf dem Laufenden hältst.

    >>Não é uma rebelião adolescente

    Natürlich nicht -- höchst seltsam aber, wie die türkische Regierung sich geäußert hat, in etwa: Verehrte Familienväter (!), sagen Sie Ihren jungen Leuten, sie sollten gefälligst wieder brav nach Hause gehen.

    Nein, danke. Ich warte nur noch darauf, dass eine über-70-Demonstrantin interviewt wird. Oder ein paar Duzend. Und sagt: Nein, wir sind ja keine Teenager und hier bleiben wir trotzdem. Punkt, aus. So.

    Was ist eigentlich bei den 'Occupy'-Bewegungen in Ländern wie der Türkei und Brasilien passiert? Ist das jetzt alles vielleicht eine verschobene Wirkung?

    Entschuldigung, Korrekturen sind wie immer erwünscht und geschätzt.
    #4Autor(a)hm -- us (236141) 19 Jun. 13, 09:27
    Comentário
    Why I am not going to the world cup (Englisch mit portugiesischen Untertiteln)
    http://www.youtube.com/watch?v=ZApBgNQgKPU

    Wenn Sie dieses Video lieber mit französischen Untertiteln gucken möchten:
    http://www.youtube.com/watch?v=k4SJ3iruC2I
    #5Autor(a)ZucchiniMann (238313) 19 Jun. 13, 15:04
    Comentário
    Danke, ZucchiniMann ! Wird sofort über Facebook und E-mail weitergeleitet...
    #6Autor(a)CARIOCA (324416) 19 Jun. 13, 15:22
    Comentário
    Habe ich etwas Falsches gesagt?
    #7Autor(a)hm -- us (236141) 19 Jun. 13, 23:17
    Comentário
    #8Autor(a)CARIOCA (324416) 20 Jun. 13, 02:20
    Comentário
    #9Autor(a)CARIOCA (324416) 20 Jun. 13, 11:34
    Comentário
    Carioca, habe ich dich etwa beleidigt? Falls ja, war das alles andere als absichtlich. Entschuldige bitte, aber ich verstehe wirklich nicht, was du mir sagen willst, falls überhaupt etwas, und möchte nicht unbedingt unbekannte Links wie von FB/Akamai öffnen. Die BBC-Nachrichten sehe ich übrigens schon mal im Fernsehen, aber danke.

    Im englischen Forum bin ich gewöhnt, Links als Anregung zu Diskussion zu sehen. Aber weil viele nicht alle Links anklicken wollen, oder im Büro sind und es nicht können, wäre es vielleicht noch besser, wenn du uns etwas aus der Sicht eines Einwohners berichten könntest/möchtest.

    Woran liegt eigentlich die Unruhe/Unzufriedenheit -- an Rousseffs Regierung insbesondere, oder eher im allgemeinen, wegen der nicht so guten Wirtschaft und so? Findest du selbst, dass die Protestierenden zum Teil recht haben, oder eher nicht?

    Für mich war es ein ziemlicher Kontrast, die (so weit ich feststellen konnte) friedlichen, glücklichen Menschen in den schönen großen (neuen?) Fußballstadien bei den Spielen Brasilien-Mexiko und Italien-Japan zu sehen, und dann am selben Abend das Tränengas in den Straßen. Um welche Städte genau es sich gehandelt hat, habe ich nicht in Detail mitbekommen. Gibt es vielleicht mehr Unruhe im Nordosten, oder auch in Rio und S.P.?

    Danke im Voraus, wenn du mal Zeit und Lust hast, ein bisschen mehr aus deiner eigenen Perspektive zu kommentieren.

    Und noch einmal zum Protokoll: Falls etwas, das ich geschrieben habe, nicht gut rüberkommt, denkt bitte daran, dass es sich um meine nichtmuttersprachlerischen Ausdrücksfehler handeln könnte und im Zweifel bitte fragen.
    #10Autor(a)hm -- us (236141) 20 Jun. 13, 18:09
    Comentário
    Liebe hm -- us , nein, du hast mich nicht beleidigt! Ich habe dir eine PM geschrieben.
    #11Autor(a)CARIOCA (324416) 21 Jun. 13, 02:08
    Comentário
    Brasil vive um despertar social, aponta a mídia internacional

    RIO - Após a redução no preço das passagens de ônibus, a continuidade dos protestos no Brasil surpreendeu a muitos, mas não devia, apontam analistas da mídia internacional. Apesar do país ter avançado em diversas áreas, como na economia e na diminuição da desigualdade social, ainda há uma grande lacuna entre as promessas de políticos e a realidade da população, afirma um editorial do “New York Times” publicado nesta sexta-feira.

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/brasil-vive-um-d...
    © 1996 - 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


    Der deutsche Kollege hat mich soeben verblüfft mit der Bemerkung:
    "am Besten wäre es, wenn die Panzer wieder drüberrollen würden und diese ganze Randale beenden würden. Brasilien ging es nie so gut wie während der Militärdiktatur."
    #12Autor(a)CARIOCA (324416) 21 Jun. 13, 19:43
    Comentário
    http://www.youtube.com/watch?v=v9rgOwH99nc&fe...

    O vocabulário é meio baixo calão e eu acho que um tom calmo explicando fatos alcança mais gente do que um tom exaltado, mas enfim, explica bem o porquê da raiva do povo brasileiro.
    #13Autor(a)CARIOCA (324416) 22 Jun. 13, 02:02
    Comentário
    Pedro Bial no Facebook
    há 45 minutos
    Magistral resumo do Discurso da Dilma hoje na TV

    - Não sabia que vocês queriam que investisse em serviços públicos. Vamos investir!
    - Sobre o transporte, vamos melhorar.
    - Sobre a educação, vamos pegar todo o dinheiro do petróleo.
    - Sobre a saúde, vamos importar médicos e tá tudo certo.
    - Sobre a segurança, porra, tá ótima, nem preciso comentar.
    - Sobre os estádios, o dinheiro do estádio do Corinthians brotou da terra.
    - Pra finalizar, a manifestação tá bonita, o vandalismo tá feio... não expulsem a FIFA daqui, se não eu tô fudida!


    Transcrição e vídeo do pronunciamento da Presidenta Dilma
    http://www2.planalto.gov.br/imprensa/discurso...

    Comentário um pouco mais sério a respeito:
    http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.b...
    O pronunciamento da presidente Dilma Rousseff nesta noite de sexta-feira (21.jun.2013) não trouxe nenhuma novidade a respeito do posicionamento do governo federal sobre as manifestações de rua. O mais notável foi seu tom de ameaça em vários trechos quando falou que o governo não vai “transigir” com atos de violência.

    Mas o que fez o governo até agora? Há quase duas semanas que as principais cidades do país têm ficado paralisadas no final da tarde.

    Como o Brasil é um país conservador, talvez o pronunciamento da presidente possa ter algum efeito tranquilizador em parte da população. Foi uma gravação realizada da forma mais conservadora possível. Em frente a um fundo de madeira, ela usando um blaser de tom amarelo acabou lendo no teleprompter por 9 minutos e 43 segundos. É uma fala muito longa sob qualquer métrica possível. Mas Dilma não tinha saída.

    Como a presidente raramente dá entrevistas formais para mídia (exceto para falar de novelas ou “faits divers”), quando fala é necessário ficar descrevendo uma lista sem fim do que considera útil dizer para a população –mesmo que o governo já gaste mais de R$ 1 bilhão por ano em propaganda.

    Em certa medida, o pronunciamento de Dilma tenta recuperar o tempo perdido por ela nos últimos dois anos e meio. Sobretudo quando chegou a dizer que vai se esforçar agora para incentivar uma “ampla reforma política”. Essa expressão “reforma política” chega a provocar ataques de narcolepsia em quem acompanha o mundo do poder aqui em Brasília. Basta haver um problema de qualquer ordem no país que o presidente de turno fala sobre a necessidade de uma… reforma política. Passa a crise ou arrefecem os seus efeitos, a reforma política nunca sai.

    Por que Dilma nunca falou sobre a necessidade de uma reforma política antes? Foi pega de surpresa agora?

    Em outro trecho do pronunciamento, a presidente faz uma confusão com algo que ela própria patrocinou. Diz que a Lei de Acesso à Informação “deve ser ampliada para todos os poderes da República e instâncias federativas”. Como assim, ampliada? A lei já vale para todos os Poderes e para governos estaduais, prefeituras e União.

    Talvez até de maneira inadvertida, Dilma acabou passando um pito em cadeia nacional de TV em prefeitos e governadores –que, de fato, cumprem de maneira precária a Lei de Acesso. E o que dizer da própria presidente, que acaba de decretar sigilo sobre todas as informações de gastos de suas viagens ao exterior? Como ela própria disse “a melhor forma de combater a corrupção é com transparência e rigor”. Pois é.

    Em resumo, quem redigiu e copidescou o pronunciamento não estava muito familiarizado com o governo de Dilma Rousseff. E a própria presidente não fez a revisão necessária daquilo que leu no teleprompter. É desagradável quando ocorrem tantos descuidos em um texto para o qual a petista e sua equipe de marketing tiveram dois dias para produzir.

    Sobre a Copa do Mundo e seus gastos, Dilma usou outra verdade pela metade para tentar conter a irritação dos indignados que foram à rua protestar. A presidente afirmou que todos os gastos para construir estádios e outras obras são empréstimos que serão pagos pelas empresas e Estados que receberam esse dinheiro. Não é bem assim. Tem muito dinheiro público, do BNDES, com juros que são subsidiados por todos os brasileiros.

    Mesmo que as empresas e Estados paguem esses empréstimos (se é que vão pagar), terão recebido um grande benefício por causa dos juros camaradas. E mais: a maioria dos recursos foi para governos estaduais. Ou seja, se esses governos pagarem, ainda assim terá sido usado dinheiro público –portanto a presidente tergiversou ao dizer que não usaria fundos estatais. Já usou.

    A suntuosidade das obras da Copa é um dos poucos pontos de consenso na irritação de quem têm ido às ruas protestar. Há uma sensação forte de que tudo foi feito apenas para turistas e a elite usarem.

    Dilma também anunciou que convidará governadores e prefeitos de grandes cidades para aperfeiçoar as instituições e anunciar novos planos de ação.

    Por exemplo, o Plano Nacional de Mobilidade Urbana. Agora? A menos de um ano da Copa do Mundo?

    E os prefeitos e governadores em Brasília? Esse tipo de reunião é tão improdutiva como a do ministério de Dilma –que com 39 integrantes precisaria de mais de um dia de reunião se todos falassem por meia hora.

    Tudo considerado, não dá para dizer que Dilma cometeu o mesmo erro de Fernando Collor (que em 1992 pediu aos brasileiros que se vestissem de verde e amarelo e todos usaram preto). Ainda assim, o resultado parece ter ficado longe do que a presidente precisaria para tentar recuperar a autoridade perdida nos últimos dias.
    #14Autor(a)CARIOCA (324416) 22 Jun. 13, 05:24
    Comentário
    DECLARAÇÃO DO MINISTRO JOAQUIM BARBOSA
    Ministro e (que bom seria) futuro Presidente do Brasil

    Somos o único caso de democracia no mundo em que condenados por corrupção legislam contra os juízes que os condenaram.
    Somos o único caso de democracia no mundo em que as decisões do Supremo Tribunal podem ser mudadas por condenados.
    Somos o único caso de democracia no mundo em que deputados após condenados assumem cargos e afrontam o Judiciário.
    Somos o único caso de democracia no mundo em que é possível que condenados façam seus habeas corpus, ou legislem para mudar a lei e serem libertos.

    (Declaração do Presidente do STF, Joaquim Barbosa, sobre o projeto de submeter à aprovação do Congresso as decisões do STF)



    Dilma bewilligt Kostendeckung durch den Staat für Fahrt- und Unterkunftskosten anlässlich der WM für Politiker und Beamte und Militär
    https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphoto...
    #15Autor(a)CARIOCA (324416) 23 Jun. 13, 00:30
    Comentário
    EU ATÉ LAMENTEI NÃO ESTAR LÁ PARA VAIAR TAMBÉM.

    ESTRONDOSA VAIA: MENINOS, EU VI

    Luiz Osório Marinho Silva

    Brasília, dia 15 de junho de 2013. Inauguração da Copa das Confederações, no Estádio Mané Garrincha, que custou aos cofres públicos do Distrito Federal mais de um bilhão e trezentos milhões de reais, obra que não resiste a nenhuma auditoria, por mais superficial que seja. Outros trezentos e cinco milhões de reais ainda serão gastos no estacionamento e no entorno.


    Estádio praticamente lotado, com quase 70.000 pessoas, para assistir ao jogo entre o Brasil e o Japão. Depois da cerimônia de abertura, simples, mas bonita e bem organizada, já com os jogadores perfilados, é anunciada a presença da "presidenta" Dilma e do presidente da FIFA. Começa uma estrondosa vaia.



    Logo depois, Joseph Blater inicia um breve pronunciamento. A reação do público esmaece por alguns instantes. Quando o presidente da FIFA cita o nome da "presidenta" Dilma, a estrondosa vaia recomeça. Joseph Blater pede, por favor, aos amigos do futebol brasileiro, respeito e fair-play.



    As vaias não cessam e Dilma, visivelmente constrangida, com as imagens geradas para o mundo, apenas declara aberta a Copa das Confederações, com a sua voz abafada pela ruidosa manifestação de repúdio e de desaprovação da maioria dos presentes.


    A TV Globo, responsável pelas imagens, tentou minimizar o ocorrido e tirou de seu noticiário esse momento de revolta de uma parcela significativa do povo brasileiro. Ao comentar rapidamente o fato, o apresentador do Jornal Nacional, William Bonner, ainda disse que as vaias também foram para o presidente da FIFA. Errou em sua interpretação. Elas foram dirigidas apenas à "presidenta".


    Eu estava lá e vi. Meninos, eu vi.


    Vi e também vaiei, a plenos pulmões. Não iniciei a vaia, que tomou conta do estádio como uma grande "ola". Mas, certamente, fui um dos últimos a parar. As consequências vieram de imediato, atingindo as minhas cordas vocais e deixando-me rouco, condição em que ainda permaneço, dois dias depois.


    Talvez, neste país sem cidadania, esteja me tornando um velho anarquista, mas com o ardor da indignação de um jovem adolescente, em prol do que é certo e justo.



    Vaiei a incompetência, a desonestidade, a corrupção, a enganação, a mentira.


    Vaiei as obras inacabadas, superfaturadas, mal feitas, não fiscalizadas.


    Vaiei a insegurança dos cidadãos brasileiros, as péssimas condições da saúde pública, a ineficiência do sistema educacional.


    Vaiei a falta de boas estradas, portos e aeroportos.


    Vaiei a carência de saneamento básico, os apagões de energia elétrica, o caos das grandes cidades.


    Vaiei a utilização política de empresas estatais e de economia mista, com recursos financeiros mal aplicados ou utilizados de maneira inescrupulosa, ocasionando graves prejuízos, como os verificados na Petrobras.


    Vaiei o estímulo à luta de classes, à invasão de propriedades particulares e à desagregação da sociedade.


    Vaiei os programas eleitoreiros, disfarçados em projetos sociais, sem nenhuma contrapartida, que objetivam apenas a conquista de votos para a manutenção do poder.


    Vaiei o retorno da inflação, o aumento brutal da dívida interna, a quebra do equilíbrio fiscal.


    Vaiei o aniquilamento de nossa indústria, os malefícios à agropecuária, a perda da competitividade internacional.


    Vaiei os cartões corporativos e o alto custo da máquina governamental, com os seus trinta e nove ministérios, criados, em sua maioria, apenas para abrigar políticos obscuros e os interesses dos partidos da base aliada.


    Vaiei o aparelhamento do Estado, inclusive o da mais alta corte do Poder Judiciário, por pessoas ligadas ao partido político da "presidenta".


    Vaiei a tentativa de mudar a verdadeira História do Brasil, com a instalação de uma Comissão, que de verdade só tem o nome.


    Vaiei a subordinação da política externa brasileira aos ditames do Foro de São Paulo, com o país caudatário das decisões de governos populistas e ditatoriais da América Latina.


    Vaiei as tentativas de macular as Forças Armadas, de silenciar a imprensa, de implantar, paulatinamente, o comunismo no Brasil, travestido agora com o nome de socialismo bolivariano.


    Vaiei os políticos demagogos, oportunistas, mentirosos, corruptos e adúlteros.


    Vaiei os seguidores de falsos profetas, os aproveitadores, os bajuladores, de todas as espécies.


    Vaiei os inocentes úteis, os conformados, os omissos.


    Vaiei, finalmente, todo o mal que, nos últimos dez anos, o partido político, que se dizia ético, fez ao meu país.


    Que a estrondosa vaia seja o prenúncio de outros tempos, de esperança e de confiança em um novo Brasil, verdadeiramente grandioso e justo para o seu povo.



    Brasília, 17 de junho de 2013.

    Luiz Osório Marinho Silva
    #16Autor(a)CARIOCA (324416) 23 Jun. 13, 17:56
    Comentário
    Danke für den Faden, CARIOCA !
    #17Autor(a)oopsy (491382) 23 Jun. 13, 18:05
    Comentário
    http://www.youtube.com/watch?v=Rog_Ikeo_Xg
    Deputado explica muito bem porque intenção do governo Dilma de trazer médicos Cubanos para salvar as condições precárias dos hospitais não vai resolver nada.
    #18Autor(a)CARIOCA (324416) 23 Jun. 13, 22:41
    Comentário
    #19Autor(a)CARIOCA (324416) 24 Jun. 13, 12:53
    Comentário
    Confira frases de governantes antes e depois dos protestos


    Fernando Haddad, prefeito de São Paulo

    12 de junho
    "Eu não vou dialogar em uma situação de violência"

    14 de junho:
    "A Prefeitura não pode se submeter ao jogo de tudo ou nada"

    18 de junho:
    "Nunca utilizei a palavra vândalo, não faz parte do meu vocabulário"

    19 de junho:
    "Precisamos discutir sobre as consequências dessa decisão (revogação da tarifa)"

    Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro

    11 de junho:
    "A tabela é explícita, não é conversa do prefeito com dono da empresa de ônibus"

    17 de junho:
    "Acho que a polícia agiu muito bem (reprimindo manifestantes)"

    19 de junho:
    "A redução (da tarifa) mostra respeito às pessoas que foram às ruas"

    Geraldo Alckmin, governador de São Paulo

    12 de junho:
    "É intolerável a ação de baderneiros. Isso extrapola o direito de expressão"

    14 de junho:
    "Qualquer abuso que tenha sido cometido será apurado de forma rigorosa"

    17 de junho:
    "Nós proibimos o uso de balas de borracha em manifestações públicas"

    19 de junho:
    "Vamos revogar o reajuste. Vamos ter que cortar investimentos"

    Sérgio Cabral, governador do Rio de Janeiro

    12 de junho:
    "Essas manifestações estão tendo um ar político que não é espontâneo"

    18 de junho:
    "Essas manifestações mostram uma juventude desejosa de participar. Isso é muito bonito"

    Por Kácio Oliveira Fontinelli

    FOnte: http://odia.ig.com.br/noticia/brasil/2013-06-...
    #20Autor(a)CARIOCA (324416) 24 Jun. 13, 18:45
    Comentário
    Warum Carla nicht zur Weltmeisterschaft geht

    Carla ist Brasilianerin. Sie wird die Fußball-Weltmeisterschaft im nächsten Sommer nicht verfolgen. Auf youtube erklärt sie auch warum sie das machen wird.

    http://www.kleinezeitung.at/allgemein/video/m...
    #21Autor(a)oopsy (491382) 25 Jun. 13, 17:59
    Comentário
    Danke Oooosy! Aber ZucchiniMann hatte schon den Film gefunden! Vgl.#5

    Ich hatte gehofft, dass dein Film Untertitel auf Deutsch hat... OOOOOOoooch...
    #22Autor(a)CARIOCA (324416) 25 Jun. 13, 18:34
    Comentário
    P.S.: Vale deixar claro que sou contra qualquer movimento de Impeachmet para a Dilma. Pior do que com ela será com Michel Temer. E mais: o risco da volta de Lula, sob o comando de José Dirceu... Deus nos livre de tanta desgraça! ! ! !

    O Artigo foi escrito pelo
    Enio Mainardi





    O impeachment, na minha visão, funciona como o botão que se aperta para dar descarga na privada. Você já fez o que precisava ser feito e não precisa mais olhar os seus dejetos, misturados ao papel higiênico usado. E se tudo ainda não for pelo buraco adentro, engolido pelo jorro de água, você aperta o botão de novo. Simples, o impeachment.

    Hoje, milhões de brasileiros apertaram o botão que deveria fazer sumir essa bosta de governo petista. Há um misto de repugnância e exasperação nas pessoas. Digamos - para continuar com a imagem escatológica - que estamos sofrendo uma insuportável prisão de ventre que faz doer a barriga, em espasmos. Nossos intestinos estão cheios, empanturrados com fatos e verdades não só sobre as mazelas do Planalto.

    Mas o Congresso...meu Deus, três bandidos condenados na Comissão de Justiça? O Renan, julgado corrupto, decidindo o que serve para nós, povo brasileiro? Os congressistas, deputados federais, a maioria sendo processada por "malfeitos", para usar a expressão do FHC? Seriam eles o nosso purgante salvador? Nem pensar. Mais da metade desses indivíduos nem eleitos foram. Eram vice, pagaram as despesas de campanha, o titular se retirou para alguma "boca" combinada previamente e o agora premiado senador senta sua bunda na cadeira para fazer negócios.

    Concorrência pública?...quem dá mais comissão leva. Esses caras exageraram, canalhas contumazes, viciados por anos e anos de impunidade. Eles tem alçadas de poder, verbas de tudo quanto é jeito, sinecuras - e agora preparam seus filhotes para lhes suceder na boca rica. O nepotismo corre solto. Não há o que se esperar deles, não virá de lá nenhuma atitude cívica - como votar o impeachment da Dilma.

    Pois eles também deveriam ser "impichados". Vale o mesmo sentimento para com a Justiça, que a imprensa todo dia mostra como um vulgar balcão de negócios e interesses. A Petrobrás, o BNDES, as estatais...tudo aparelhado pelo Lula e sua quadrilha. A Dilma preside esse lupanar (palavra antiga, puteiro seria melhor) com seu beicinho arrogante, perpetrando absurdos com a cumplicidade de seus 39 (trinta e nove) ministros. Nem vou listar os despautérios, quem não é analfabeto, do MST ou bóia-fria sabe de cor que aquela senhora Dilma extrapolou.

    Ela, no passado, conseguiu até falir uma lojinha de badulaques chineses, seu maior empreendimento até ser guindada a ministra pelo pior dos brasileiros vivos, essa desgraça chamada Lula. Então é o seguinte: hoje, as manifestações apertaram o botão da privada, coletivamente, num ato de dignidade e consciência política. Mas lá dentro da privada a merda rodou, rodou - e não foi embora. Falta um balde de água. Falta uma mudança total, de tudo. Falta uma greve geral que tenha a força de liquidar essa quadrilha do PT, incrustada no poder. Falta o impeachment da Dilma. Quem será essa pessoa que vai salvar os restos deste país?


    --------------------------------------------------------

    A antecipação das eleições para outubro de 2013 com a impossibilidade de concorrerem todos os que tenham ou tiveram cargos públicos é a solução. O impeachment colocaria o Michel Temer na Presidência. Já imaginaram?
    #23Autor(a)CARIOCA (324416) 25 Jun. 13, 19:30
    Comentário
    Erschütternde Aussage einer Ärztin


    O dia em que a President"a" Dilma em 10 minutos cuspiu no rosto de 370.000 médicos brasileiros."
    Por Juliana Mynssen

    Há alguns meses eu fiz um plantão que chorei. Não contei à ninguém (é nada fácil compartilhar isso numa mídia social). Eu, cirurgiã-geral, "do trauma", médica "chatinha", preceptora "bruxa", que carrego no carro o manual da... equipe militar cirúrgica americana que atendia no Afeganistão, chorei.
    Na frente da sala da sutura tinha um paciente idoso internado. Numa cadeira. Com o soro pendurado na parede num prego similiar aos que prendemos plantas (diga-se: samambaias). Ao seu lado, seu filho. Bem vestido. Com fala pausada, calmo e educado. Como eu. Como você. Como nós. Perguntava pela possibilidade de internação do seu pai numa maca, que estava há mais de um dia na cadeira. Ia desmaiar. Esperou, esperou, e toda vez que abria a portinha da sutura ele estava lá. Esperando. Como eu. Como você. Como nós. Teve um momento que ele desmoronou. Se ajoelhou no chão, começou a chorar, olhou para mim e disse "não é para mim, é para o meu pai, uma maca". Como eu faria. Como você. Como nós.
    Pensei "meudeusdocéu, com todos que passam aqui, justo eu... Nãoooo..... Porque se chorar eu choro, se falar do seu pai eu choro, se me der um desafio vou brigar com 5 até tirá-lo daqui".
    E saí, chorei, voltei, briguei e o coloquei numa maca retirada da ala feminina.
    Já levei meu pai para fazer exame no meu HU. O endoscopista quando soube que era meu pai, disse "por que não me falou, levava no privado, Juliana!" Não precisamos, acredito nas pessoas que trabalham comigo. Que me ensinaram e ainda ensinam. Confio. Meu irmão precisou e o levei lá. Todos os nossos médicos são de hospitais públicos que conhecemos, e, se não os usamos mais, é porque as instituições públicas carecem. Carecem e padecem de leitos, aparelhos, materiais e medicamentos.
    Uma vez fiz um risco cirúrgico e colhi sangue no meu hospital universitário. No consultório de um professor ele me pergunta: "e você confia?".
    "Se confio para os meus pacientes tenho que confiar para mim."
    Eu pratico a medicina. Ela pisa em mim alguns dias, me machuca, tira o sono, dá rugas, lágrimas, mas eu ainda acredito na medicina. Me faz melhor. Aprendo, cresço, me torna humana. Se tenho dívidas, pago-as assim. Faço porque acredito.
    Nesses últimos dias de protestos nas ruas e nas mídias brigamos por um país melhor. Menos corrupto. Transparente. Menos populista. Com mais qualidade. Com mais macas. Com hospitais melhores, mais equipamentos e que não faltem medicamentos. Um SUS melhor.
    Briguei pelo filho do paciente ajoelhado. Por todos os meus pacientes. Por mim. Por você. Por nós. O SUS é nosso.
    Não tenho palavras para descrever o que penso da "Presidenta" Dilma. (Uma figura que se proclama "a presidenta" já não merece minha atenção).
    Mas hoje, por mim, por você, pelo meu paciente na cadeira, eu a ouvi.
    A ouvi dizendo que escutou "o povo democrático brasileiro". Que escutou que queremos educação, saúde e segurança de qualidades. "Qualidade"... Ela disse.
    E disse que importará médicos para melhorar a saúde do Brasil....
    Para melhorar a qualidade....?
    Sra "presidenta", eu sou uma médica de qualidade. Meus pais são médicos de qualidade. Meus professores são médicos de qualidade. Meus amigos de faculdade. Meus colegas de plantão. O médico brasileiro é de qualidade.
    Os seus hospitais é que não são. O seu SUS é que não tem qualidade. O seu governo é que não tem qualidade.
    O dia em que a Sra "presidenta" abrir uma ficha numa UPA, for internada num Hospital Estadual, pegar um remédio na fila do SUS e falar que isso é de qualidade, aí conversaremos.
    Não cuspa na minha cara, não pise no meu diploma. Não me culpe da sua incompetência.
    Somos quase 400mil, não nos ofenda. Estou amanhã de plantão, abra uma ficha, eu te atendo. Não demora, não. Não faltam médicos, mas não garanto que tenha onde sentar. Afinal, a cadeira é prioridade dos internados.
    Hoje, eu chorei de novo.
    #24Autor(a)CARIOCA (324416) 25 Jun. 13, 20:00
    Comentário
    ÓTIMO ARTIGO. NÃO DEIXE DE LER...



    Imprensa do Canadá sobre Dilma Rousseff...

    (O Canadá não faz o jogo dominador dos E.U.A.)
    (Original em Inglês e, em seguida, a tradução em Português)

    A BRAZIL'S PURGATORY ABOUT TO BEGIN*

    Nobody cares if Dilma Roussef murdered or robbed. It is just populism in the
    cruelest form. She is Lula's lady. Poor people have benefited a little from

    the end of inflation, and they forgot that this situation was inherited by
    Lula. What is interesting is that the Worker's Party is neither Communist
    nor the helper of workers. IBGE, the main statistical institution in
    **Brazil**, has just released the information that illiteracy in *Brazil*
    increased during Lula's reign. Basic sanitation is in the same level as it
    was at the time of his coronation.
    50.000 Brazilians die violent deaths, most caused by guns and drugs smuggled
    into the country by the FARC Marxist terrorists, allieds of Lula.
    Who cares? I have a cell phone and tv set. The next World Cup will be in
    *Rio*. On the other hand, the Federal Development Bank (BNDES) has received
    this year US$ 100 BI to lend to large corporations, in order to "buy" their
    good will towards the government during the election year.

    The capitalists get the money for 3,5% to 7%, while the government pays 10%
    to 12 % for the banks. Itaú bank had the largest profit of any bank in the
    *Americas*, including the ones in the *US*. Other acts of largesse of the
    government include the distribution of TV and radio licenses to capitalists
    and politicians, a TV network for the union leaders (Who take one day of
    salary from the workers and can't be audited - Lula forbid it) and the
    definition of the targets of investment of the pension funds from state
    companies, in the order of hundreds of billions of dollars. They can make
    you or break you.

    FASCISM: This is a fascist economy, in its purest definition. Mussolini
    Would be proud. It is hard for the common folk to understand how Communism
    has changed from a social utopia to this raw fascism. The reason is that
    they retain the old veneer in cultural causes, such as free abortion, gay
    marriage, globalism, ecological radicalism, etc. Just like in *China*, they
    tell you to live your private life.

    Censorship or "media control" is in Dilma's agenda, as it is in full course
    in *Argentina* and *Venezuela* today. The fiscal privacy of Dilma's
    opponents has been broken with no consequences. Basic constitutional rights
    are worth nothing to the Worker's party, and they are challengind property
    rights. A bunch or communist peasants, all funded and led by Professional
    agitators, will invade farms, kill people (as they do now) and the issue
    will be decided by popular acclamation, in commune. We are being prepared to
    be pawns of the world government. I predict rough times ahead for *Brazil*.
    Dilma is incompetent and stubborn. Brazil's public debt has almost tripled
    and is about to explode, due to to the high interest rates. The boom in the
    exportation of minerals and agro-commodities that gave Lula's popularity
    such boost can end anytime, especially if a heavy crisis hits the dollar.
    The taxation level in Brazil is one of the highest in the world, at 40,5% and
    bureaucracy, with 85 different taxes in the last count, is astronomical.
    They won't be able to raise tax anymore to support the do-nothings employed
    in the government and the corruption. When the government crashes, the
    social aids that supported Lula's popularity will be at risk. Without the
    booming exports, there will be fewer jobs, and it is possible that we see
    riots and protests. Things have always been too easy in this country, where
    food grows even in a crack in the sidewalk.
    Perhaps it is time for Brazilians to mature from suffering.
    PS: Dilma's father was a Bulgarian. He fled his country because he was a
    communist activist. Surprisingly in Brazil he was a capitalist and
    very rich, Dilma had a very bourgeois life, living in a large house and
    studying at private schools. It is always good to belong to the Communist
    elite.

    TRADUÇÃO

    O PURGATÓRIO BRASILEIRO ESTÁ PRESTES A COMEÇAR*

    Ninguém se importa se Dilma Roussef tenha assassinado ou roubado. É apenas o
    populismo na forma mais cruel. Ela é a senhora Lula. Os pobres se
    beneficiaram um pouco do fim da inflação e se esqueceram que esta situação
    foi herdada por Lula. O interessante é que o Partido dos Trabalhadores não é
    comunista, nem o que auxilia os trabalhadores. IBGE, a principal instituição
    de estatística no Brasil, acaba de lançar a informação dando conta que o
    analfabetismo no Brasil aumentou, durante o reinado de Lula. O saneamento
    básico está no mesmo nível que era no momento da sua coroação.

    50 mil brasileiros morrem de mortes violentas, a maioria causadas por armas
    e drogas contrabandeadas para o país pelos terroristas marxistas das FARC,
    os aliados de Lula. A próxima Copa do Mundo será no Rio de Janeiro. Em
    contrapartida, o Banco Federal de Desenvolvimento (BNDES) recebeu este ano
    100 US$ bilhões para emprestar às grandes corporações, a fim de "comprar" a
    sua boa-vontade em relação ao governo durante a campanha eleitoral.

    Os capitalistas receberam o dinheiro com juros em torno de 3,5% a 7%,
    enquanto o governo paga 10% a 12% para os bancos. Banco Itaú teve o maior
    lucro de um banco nas Américas, incluindo os dos EUA. Outros atos de
    generosidade do governo incluem a distribuição de licenças de TV e rádio
    para os capitalistas e os políticos, uma rede de TV para os dirigentes
    sindicais (que ganham um dia de salário dos trabalhadores e não podem ser
    fiscalizadas) e a definição dos objetivos de investimento dos fundos de
    pensão de empresas estatais, na ordem de centenas de bilhões de dólares.
    Eles podem fazê-lo ou quebrá-lo.

    FASCISMO: Esta é uma economia fascista, na sua mais pura definição.
    Mussolini estaria orgulhoso. É difícil para o povo a entender como o
    comunismo mudou a partir de uma utopia social para este fascismo na forma
    mais primata. O motivo é que eles mantêm a aparência sob o velho charme por
    causas culturais, como o aborto livre, o casamento gay, a globalização, o
    radicalismo ecológico etc. Assim como na China, dizem-lhe como viver sua
    vida particular.

    Censura ou "controle da mídia" está na agenda de Dilma, da mesma forma como
    se encontra em pleno andamento da Argentina e Venezuela hoje em dia. A
    privacidade fiscal de oponentes de Dilma foi quebrada sem consequências.

    Os direitos fundamentais garantidos pela Constituição nada valem para o
    Partido dos Trabalhadores e eles estão desafiando os direitos de
    propriedade. Um grupo de camponeses comunistas, todos financiados e
    liderados por agitadores profissionais, invadem fazendas, matam pessoas
    (como fazem agora) e a questão será decidida por consulta popular, da
    comuna. Estão sendo preparados para ser peões do governo mundial. Prevejo
    tempos difíceis à frente para o Brasil. Dilma é competente e teimosa. A
    dívida pública do Brasil quase triplicou, e está prestes a explodir, devido
    às altas taxas de juros. O boom da exportação de minerais e
    agro-commodities, que impulsionaram a popularidade de Lula, pode acabar a
    qualquer momento, especialmente se uma crise pesada atingir o dólar. O nível
    da tributação no Brasil é um dos mais altos do mundo, com 40,5%, e a
    burocracia, com 85 diferentes impostos na última contagem, astronômica.
    Eles não serão mais capazes de aumentar os impostos para sustentar os
    vagabundos empregados do governo e a alta corrupção. Quando o governo
    quebrar, as ajudas sociais que apoiaram a popularidade de Lula estarão em
    risco. Sem o crescimento das exportações, haverá menos postos de trabalho, e
    é possível que nós venhamos a ter tumultos e protestos. As coisas têm sempre
    sido muito fáceis neste país, onde o alimento cresce até nas rachaduras na
    calçada.

    Talvez já esteja na hora de os brasileiros amadurecerem pelo sofrimento.

    PS: O pai de Dilma era búlgaro. Ele fugiu de seu país porque era comunista
    perigoso, ativista. Surpreendentemente, no Brasil, tornou-se um capitalista
    e muito rico. Dilma teve uma vida burguesa privilegiada, vivendo em uma casa
    grande e estudando em escolas privadas. É sempre muito bom fazer parte da
    elite comunista.

    #25Autor(a)CARIOCA (324416) 25 Jun. 13, 20:13
    Comentário
    Esta mulher ganha 88 mil reais por dia para não trabalhar... PARA QUE VEJAM QUE O POVO NÃO É BOBO, RECEBI E REPASSO.
    FAÇA A TUA PAR...TE, ESPALHE ISSO PARA TODOS OS TEUS CONHECIDOS... VAMOS ESPALHAR PELO MUNDO AFORA

    http://www.camara.leg.br/internet/deputado/De...
    A mulher da foto é Nice Lobão

    Essa bela e sorridente senhora da foto é a Deputada Nice Lobão. Nada mais do que a mulher do senador e ministro das Minas e Energia Edson Lobão e mãe do Senador Lobão Filho. Ela faz parte da turma de políticos maranhenses que têm força no Planalto Central, enquanto o povo do seu estado encontra-se, na sua maioria, em extrema pobreza, já que o Maranhão é o Estado mais pobre da Federação, segundo os índices da ONU.

    Ela Tirou nada menos do que 82 licenças médicas, só no ano de 2011, e dos 101 dias trabalhados na Câmara ela apareceu somente em 19. Mesmo licenciada e afastada, continua recebendo seus vencimentos em média de R$ 100.000,00 ao mês e mais R$ 470.000,00 em verbas diversas.

    Uma bolada anual de R$ 1.670.000,00 para quem trabalhou, efetivamente, 19 dias em 2011. Ou o equivalente a R$ 88.000,00 por dia trabalhado.

    Se ela é tão enferma assim, que renuncie ao seu mandato e vá cuidar de sua saúde.
    A família Lobão está fazendo seu pé de meia, pé de calças, pé de camisas, pé de vestidos finos, pé de jóias, etc, às custas do pobre contribuinte e dos eleitores ingênuos, miseráveis e/ou interesseiros, que eles compram, lá no Maranhão. É a imoralidade, a farra com o dinheiro público e a bandalheira que continuam correndo soltas no país do futebol.

    Da maneira que vai, o Brasil não aguenta o repuxo sem quebrar a banca com o que é desviado pelas mais diferentes formas de corrupção: propina, superfaturamento, caixa dois, etc. e mais o que se paga em salários exorbitantes para alguns políticos que fazem de contas que trabalham. Isto é uma imoralidade! Uma indecência! e que com a situação econômica mundial em bancarrota, esta podridão política não segura o rojão, o país poderá passar por sérias dificuldades.

    Quebrar para nós, nos nossos bolsos, pobres mortais que somos aqueles que, com nossos suados impostos, sustentamos pessoas como essa que não dão retorno à sociedade, mas a sugam, e muito bem, é um seríssimo problema para mais breve do que pensamos.....

    E OS APOSENTADOS COM A MERRECA DE SEU SALÁRIO MÍNIMO MENSAL E QUE VÃO MORRER "INTERNADOS" NO CHÃO DOS CORREDORES DOS IMUNDOS HOSPITAIS PÚBLICOS.
    #26Autor(a)CARIOCA (324416) 26 Jun. 13, 19:46
    Comentário
    Olha a turma da Rocinha em frente à casa do governador mostrando pacificamente que sabe o que quer. Para ninguém dizer que favelado é só bandido...

     

    http://www.youtube.com/watch?v=W3_0OkK75R0&fe...

    Enquanto isso, o Governador do Rio SÉRGIO CABRAL FILHO se esconde ninguém sabe onde... Vejam esse artigo do
    Felipe Caruso



    "A Gabriela é minha Filha, o que me enche de orgulho.
    Ela estava num bar na Lapa e viu a polícia do governador agredir, sem motivo policial para fazê-lo, jovens nos bares.
    Pois é, serginho! Até hoje não falei de você em respeito ao seu pai, Sérgio Cabral, e a sua mãe, Magali a quem muito prezo.
    Contudo, você deixou que a sua polícia jogasse bombas na minha filha e nos seus amigos, quando estavam se divertindo num bar da Lapa. Um daqueles bares que o seu filho, que foi colega dela no Santo Ignácio, também frequenta.
    Por que, serginho? Você pensa que eles são vagabundos?
    Não, serginho! Vagabundo é você que nunca trabalhou na vida!
    Você teve um cargo comissionado no gabinete do seu Pai por oito anos e nunca apareceu na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, nem para assinar o ponto. Lembra disso? Todos os funcionários da Câmara lembram.
    Mas, esse é o seu modo democrático de ser.
    Assim que assumiu a presidência da ALERJ, o seu primeiro ato foi iniciar uma perseguição aos funcionários, dizendo que não admitiria funcionários fantasmas. Que coisa feia, fantasmão!
    Quis bancar o engraçadinho com o Governador Marcelo Alencar e ele ameaçou revelar a origem de suas propriedades em Mangaratiba e Angra dos Reis e você mudou de assunto.
    Apareceu bêbado numa entrevista ao vivo, no sambódromo, falando da futura presidente Dilma e, logo depois instituiu as blitze da Lei Seca. Pergunto-me: Será que é mais perigoso dirigir bêbado um carro ou um Estado, mesmo a partir de um restaurante em Paris, com guardanapo na cabeça?
    Nós sabemos que você ficou rico. Também sabemos que você não justificaria sua fortuna num País sério, mas quebra um galho quando mandar os seus macacos darem porrada nos colegas do seu filho. Fique em casa para a gente poder lhe encontrar, em vez de se esconder debaixo da saia da Dilma.
    Afinal, faz quatro dias que você não vai pra casa, seus vizinhos estão sentindo a sua falta.
    #27Autor(a)CARIOCA (324416) 26 Jun. 13, 19:48
    Comentário
    Fünftes Todesopfer bei Protesten in Brasilien

    21-Jähriger stürzte von Brücke - Zehntausende erneut gegen Korruption auf der Straße - Proteste zeitgleich mit Halbfinale des Confederations Cups
    http://derstandard.at/1371170755370/Zehntause...
    #28Autor(a)oopsy (491382) 29 Jun. 13, 11:22
    Comentário
    Auslandsjournal über Brasilien: Die Sendung ist diese Woche auch in der Mediathek zu sehen :


    http://www.zdf.de/ZDFmediathek/kanaluebersich...
    #29Autor(a)CARIOCA (324416) 29 Jun. 13, 17:45
    Comentário
    Persiflage über Dilma
    Werden wir RÜCKWIRKEND stehlen können??? ;-D
    http://www.youtube.com/watch?v=__C90xZOmsQ
    #30Autor(a)CARIOCA (324416) 29 Jun. 13, 17:53
    Comentário
    Vergleich : Verdiensbescheinigung Abgeordneter versus Lehrer
    https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphoto...
    #31Autor(a)CARIOCA (324416) 02 Jul. 13, 01:53
    Comentário
    Vamos voltar para as ruas!
    Eles não entenderam o nosso recado...

    Como é que éééé??? Aumentar impostos??? Que tal cortar a roubalheira? Fechar as embaixadas de jornada nas estrelas ("onde nunca um brasileiro jamais esteve")? Cortar... digamos - 60% dos ministérios feitos só pra abrigar os "cumpadre" e familiares inúteis?
    Só isso já iria liberar uma grana preta.

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2013/06/g...
    domingo, 30 de junho de 2013
    Governo Dilma pode aumentar impostos para compensar novos benefícios

    Diante dos protestos nas ruas, o governo federal não descarta aumentar impostos para compensar despesas que surgirem para atender às demandas da sociedade. Em entrevista ao jornal O Globo, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, reforçou o compromisso fiscal. “Qualquer renúncia será acompanhada de corte de despesa ou de outra tributação para compensar”, disse Mantega.

     
    - Já é possível calcular em pelo menos R$ 50 bilhões os gastos extras com três propostas apresentadas no mês das manifestações: 10% da receita corrente bruta para a Saúde, isenção de tributos federais para o combustível e novas regras para divisão do Fundo de Participação dos Estados. Nos últimos dez anos, os governos petistas gastaram menos do que o previsto no social: aplicaram só 61% do dinheiro destinado à Saúde e 38% do que seria usado em Educação.

     


    - O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) marca, na manhã deste domingo, R$ 770 bilhões em recolhimento de tributos. O valor representa o total pago pelos brasileiros em tributos federais, estaduais e municipais desde 1º de janeiro.
    #32Autor(a)CARIOCA (324416) 02 Jul. 13, 02:04
    Comentário
    Es gibt eine große Diskrepanz zwischen dem, was die regierungsfreundlichen Medien berichten und was tatsächlich geschieht.
    Hier die Aussage eines Freundes:


    É tanto relato de despreparo e truculência da nossa PM criminosa, que se eu for compartilhar todos, não faço outra coisa. Mas pra mim é impossível falar de outras coisas, ignorando as ações de violência gratuita contra manifestantes P A C Í F I C O S, muitos deles colegas, conhecidos e amigos meus.

    Conheço gente que estava lá e também aqueles que perplexos testemunharam tudo de suas varandas. A violência, assim como na manifestação de domingo retrasado (na qual eu estive presente), NÃO PARTIU de participantes do protesto. E raramente parte. Hoje está lá a Globo dizendo apenas que "a polícia dispersou alguns vândalos com bombas de gás." Triste!


    Und hier eine weitere Aussage

    Queridos,

    Ontem ao fugir da polícia que encurralava de forma truculenta a manifestação na av. Maracanã cheguei à esquina da praça Vanhargem.
    Enquanto corria, um policial (à paisana, este da força-tarefa!) foi em direção ao grupo que corria comigo e lançou uma bomba de efeito moral no colo de um rapaz ao meu lado, e em seguida tacou pedras em nós. Na sequência, dois policiais sacaram suas pistolas (NÃO ERAM DE BORRACHA) e começaram a atirar. Nos perseguiram aos tiros (daí então já éramos uns 40) por uma rua que começava no meio da Vanhargem.

    Nesse mesmo momento, perto do CMRJ, minha irmã Tabatha tinha uma arma apontada para sua cabeça mesmo estando ao lado dos advogados da CDH da OAB (Menschenrechtskommission der Rechtsanwaltskammer). Estes foram obrigados a tirar suas máscaras contra o gás lacrimogênio e caminhar RENDIDOS COM AS MÃOS NA CABEÇA EM FILA INDIANA. Enquanto caminhavam tiveram uma bomba de gás lançada aos seus pés.


    Hoje a TV dirá apenas que um bando de "vândalos" foi "dispersado", pq ninguém esta a salvo da ditadura militar travestida de democracia. Ninguém esta a salvo da ditadura militar que ainda existe por conta da polícia MILITAR.

    Hoje a cidade acorda menos partida.
    Hoje sofremos os mesmos abusos que as favelas.
    Hoje somos todos favela.
    Hoje somos todos vândalos. Eu, minha família, a OAB e a CDH.

    Se vc ainda não é vândalo, é pq ainda não foi pra rua.
    #33Autor(a)CARIOCA (324416) 02 Jul. 13, 02:29
    Comentário
    Wie schwer es ist, auf unverschämte Privilegien zu verzichten!
    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Aca...
    (Aber wenn das Volk verlangt, dass die Steuergelder für die Allgemeiheit ausgegeben werden, DAFÜR ist kein Geld da, dafür müsste man die die Steuern erhöhen...)

    Depois do fim do 14º e o 15º salários dos deputados, o presidente da Câmara adotou um pacote de bondades para os parlamentares que vai de criação de cargos a aumento da cota usada para pagar despesas no exercício do mandato.

    A extinção dos dois salários extras, aprovada no final de fevereiro, significou uma economia anual de R$ 27,41 milhões para a Câmara, parte desse dinheiro voltará, agora, para o pagamento de despesas dos deputados. O índice de reajuste da verba indenizatória, o chamado cotão, ainda não foi definido. Ele deverá recuperar parte da inflação dos últimos quatro anos, quando a cota para o exercício parlamentar entrou em vigor, em substituição às diversas verbas as quais os deputados tinham direito.
    #34Autor(a)CARIOCA (324416) 03 Jul. 13, 12:04
    Comentário
    #35Autor(a)CARIOCA (324416) 03 Jul. 13, 12:07
    Comentário
    Também somos o chumbo das balas
    O Brasil não mudará em profundidade enquanto a classe média sentir mais os feridos da Paulista do que os mortos da Maré

    http://revistaepoca.globo.com/Sociedade/elian...
    #36Autor(a)ZucchiniMann (238313) 03 Jul. 13, 14:15
    Comentário
    Desmascarando a manipulação da Globo

    Como a principal emissora de televisão manipula opinião das massas:

    http://www.youtube.com/watch?v=-kWlCKWTmdE

    #37Autor(a)CARIOCA (324416) 05 Jul. 13, 03:24
    Comentário
    #38Autor(a)CARIOCA (324416) 06 Jul. 13, 23:40
    Comentário
    Trens super modernos da supervia...

    É assim que a Dilma manda o povo pra trabalhar!

    https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphoto...
    #39Autor(a)CARIOCA (324416) 09 Jul. 13, 23:38
    Comentário
    #40Autor(a)CARIOCA (324416) 13 Jul. 13, 04:57
    Comentário
    Nur damit man eine Vorstellung hat, wie sich die Polizei verhält....

    http://correiodobrasil.com.br/destaque-do-dia...

    Wieder ein extrem dramatisches Kapitel seit dem "Erwachen des Giganten".
    #41Autor(a)CARIOCA (324416) 16 Jul. 13, 05:58
    Comentário


    Salário de parlamentares no Brasil supera o de países de primeiro mundo, diz revista

    Os únicos países selecionados com parlamentares que ganham mais do que os brasileiros são Austrália (US$ 201,2 mil), Nigéria (US$ 189,5 mil), Itália (US$ 182,0 mil) e Estados Unidos (US$ 174 mil). A lista, entretanto, não considera outros tipos de remuneração. Hoje, um deputado federal do Brasil, que ganha R$ 26.723,13 por mês, ainda tem direito a plano de saúde, auxílio-moradia, cota parlamentar, passagens aéreas e carro oficial.

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/salario-de-parla...
    © 1996 - 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
    #42Autor(a)CARIOCA (324416) 16 Jul. 13, 12:00
    Comentário
    Ausnahmsweise eine exzellente Analyse der Globo News!


    Publicado em 15/07/2013

    Professora da EBAPE-FGV, onde coordena o Programa de Estudos da Esfera Pública (PEEP), e Doutora em Ciência Política, Sonia Fleury, em participação no Jornal da GloboNews do dia 19 de junho de 2013.
    Em entrevista, Sonia Fleury fala sobre as manifestações do Rio de Janeiro e a crise da democracia no país.
    Edição da entrevista, com imagens do documentário "Domínio Público" e Seminário "Favela é Cidade".

    https://www.youtube.com/watch?feature=player_...
    #43Autor(a)CARIOCA (324416) 20 Jul. 13, 17:34
    Comentário
    Classe Média chegou às semifinais do Festival Cultura - A Nova Música do Brasil.2 Em agosto de 2006, o vídeo com a apresentação de Classe Média tornou-se um dos mais vistos no site de compartilhamento de vídeos YouTube.3 4 A música, que apresenta uma visão crítica e sarcástica da classe média brasileira, tem sido frequentemente citada por alguns dos mais populares sites e comentaristas políticos brasileiros.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Max_Gonzaga

    "Sou classe média" [Max Gonzaga]
    https://www.youtube.com/watch?feature=player_...

    http://letras.mus.br/max-gonzaga/471737/
    #44Autor(a)ZucchiniMann (238313) 21 Jul. 13, 13:09
    Comentário
    Danke, ZM ich finde, das Lied porträtiert sehr gut die Situation...
    Hier ein Paar Schnappschüsse von gestern, wo nach Besuch des Papstes im Gouverneurspalast die Polizei einen Krieg gestartet hat, obwohl sie versucht, die öffentliche Meinung mit Hilfe von jornal Globo, Rede Globo und Globo News durch falsche Meldungen zu manipulieren. Und versucht mit allen Kräften zu verhindern, dass Leute die wahren Umstände filmen!

    Em sua conta no Twitter, a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) criticou a ação da Polícia Militar durante o protesto nos arredores do Palácio da Guanabara, sede do governo estadual do Rio. "Absurda prisão de cinegrafistas do #MidiaNinja durante manifestação no Rio. Arbitrária e que fere o direito de Imprensa", publicou na rede social, por volta das 22h.

    Prisão por "desacato"
    http://www.youtube.com/watch?v=k1wQHxFTEZM


    Segundo a assessoria de imprensa da OAB do Rio, dez advogados acompanham a manifestação desta segunda-feira no entorno do Palácio Guanabara, sede do governo do Estado, para evitar prisões arbitrárias. A entidade afirma que não há impedimentos ao trabalho da PM, como alegou a corporação em seu Twitter: "membros da OAB prejudicando o trabalho da Polícia Militar".


    Dois jornalistas do grupo Mídia Ninja que acompanhavam os protestos em frente ao Palácio Guanabara foram detidos. Um deles estava em frente à 9.ª DP (Catete), apurando por que motivo o colega foi detido, quando foi abordado pelo tenente Puga. Ele disse que o jornalista era suspeito de incitar as manifestações e queria levá-lo para averiguações.

    Uma advogada interveio e o tenente chegou a dizer que o repórter não estava detido e que poderia sair da delegacia se quisesse. Logo em seguida, o policial recebeu uma ligação e anunciou a prisão do repórter. "O major Nunes mandou levar ele", afirmou. A detenção foi transmitida ao vivo. O telefone usado na transmissão foi apreendido. Em seguida, o policial anunciou: "Quem passar mensagem pelo celular será preso". 8-O


    Meine Freundin wohnt in unmittelbarer Nähe des Gouverneurspalastes. Sie meldetete gestern Abend:

    "Tudo mentira o que a tv ta divulgando!!! O q vi da minha janela hj, foi uma manifestação pacífica, acompanhada pela polícia e, assim q o Papa saiu do Palhacio , a polícia, a mando do Trio Metralha, transformou Laranjeiras em uma Guerra, da janela se ouviam tiros como se fossem de canhões e partiram com tudo em cima dos manifestantes!"


     
    #45Autor(a)CARIOCA (324416) 23 Jul. 13, 19:50
    Comentário
    Nicht nur wir sind Opfer der chaotischen Verkehrslage, der Unterversorgung mit (schlechten) öffentlichen Verkehrsmitteln... Die Teilnehmer des WJT bekommen jetzt auch eine Kostprobe davon. Wie wird es bei der WM und den Olympischen Spielen sein???


    http://extra.globo.com/noticias/rio/jmj-2013/...
    #46Autor(a)CARIOCA (324416) 24 Jul. 13, 14:55
    Comentário
    Die jüngsten Meldungen aus der österreichischen Presse:

    Demonstranten in Rio stürmten Stadtratsgebäude

    In Rio de Janeiro sind regierungskritische Demonstranten gewaltsam in ein Stadtratsgebäude eingedrungen. Insgesamt beteiligten sich etwa 700 Menschen an einer Demonstration gegen den Gouverneur, zu der im Internet von einer anarchistischen Gruppe aufgerufen worden war. Die eingedrungenen Demonstranten wurden gewaltsam verjagt.
    http://www.kleinezeitung.at/nachrichten/polit...
    #47Autor(a)oopsy (491382) 01 ago. 13, 10:04
    Comentário
    Ooopsy diese Nachricht ist nicht vertrauenswürdig. Die etwa 700 Menschen sind nicht von einer "anarchistischen" Gruppe aufgerufen worden, sondern haben Gehör für legitime Anliegen gefordert... Und bekommen. Eine kleine Gruppe ist durch eine Seitentür eingedrungen und hat Randale gemacht.

    Ein von der Regierung beherrschter Teil der Medien versucht die Proteste in Mißkredit zu bringen und die öffentliche Meinung zu manipulieren. Sogar Molotovcocktails haben eingeschleuste Polizisten auf uniformierte Kollegen geworfen (das ist inzwischen eindeutig nachgewiesen!) um die Demonstranten zu inkriminieren und um die absurd gewaltsame, unangemessene Vorgehensweise der Polizei zu "rechtfertigen".


    Also sei stets skeptisch bei solchen Meldungen! Bei den brasilianischen Unruhen erhebt sich das Volk gegen eine Klasse von Schmarotzern, die sich jetzt ganz entsetzt zeigt, dass man ihr das Handwerk legen will...

    Für den Nationalfeiertag am 7.September wird bereits eine Mega-Demo geplant!
    #48Autor(a)CARIOCA (324416) 01 ago. 13, 17:02
    Comentário
    http://www.spiegel.de/wirtschaft/unternehmen/...

    http://wirtschaftsblatt.at/home/boerse/europa...

    A fraude é BILIONÁRIA e foi CONFESSADA pela Siemens, uma das que ganhava com o esquema das obras TUCANAS do metrô. Os desvios existem desde 1998, segundo a confissão. Só a última expansão custou 45 bilhões (mais que a Copa) e os desvios eram na margem de 10%. O valor desviado, só nesse trecho é de 4,5 bilhões (mais de 45 mensalões...).

    A pergunta que não quer calar, será que a Globo vai noticiar? e dar aquele show de moralidade no Jornal Nacional??

    Abaixo, as notícias (escondidas nos sites) que justificam a postagem.

    http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/a...

    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/0...
    #49Autor(a)CARIOCA (324416) 03 ago. 13, 20:03
    Comentário
    Onde está Amarildo?

    http://youtu.be/sjo85WUpx00
    #50Autor(a)ZucchiniMann (238313) 10 ago. 13, 10:47
    Comentário
    Paródia atualizada de águas de março com Marcelo Adnet imitando simultaneamente Tom Jobim e Elis Regina.


    GENIAL


    http://www.youtube.com/watch?v=FQhb7tfOODY (Visualização)

    #51Autor(a)CARIOCA (324416) 19 ago. 13, 18:58
    Comentário
    "Quatro mil médicos estavam em estoque, esperando o embarque?", questiona Alexandre Garcia

    Apesar da medida ter sido anunciada recentemente, os médicos cubanos que serão importados para o Brasil já estavam se preparando há muito tempo. Nesta segunda-feira (26), 460 deles desembarcarão no país com malas prontas e passaportes emitidos. A novidade, entretanto, é a divulgação do sistema de remuneração, que irá repassar ao governo cubano 70% do salário pago pelo Brasil.

    "Há muito tempo já estava decidida a importação. O dinheiro vai todo para a ditadura cubana. Aliás, todo não. São R$10 mil reais por médico. R$700 ficam com o médico. R$2,3 mil vão para a família do médico em Cuba e R$7 mil serão enviados para a ditadura cubana. Em três anos, o Brasil vai pagar R$1,5 bilhão para Cuba", criticou o jornalista Alexandre Garcia durante comentário para a Rádio Metrópole.

    "Quatro mil médicos estavam em estoque, como mercadoria de exportação, esperando o embarque?", questionou Garcia. Ouça o comentário completo no áudio abaixo:

    http://www.metro1.com.br/-quatro-mil-medicos-...
    #52Autor(a)CARIOCA (324416) 24 ago. 13, 16:43
    Comentário
    "Quatro mil médicos estavam em estoque, esperando o embarque?", questiona Alexandre Garcia

    Apesar da medida ter sido anunciada recentemente, os médicos cubanos que serão importados para o Brasil já estavam se preparando há muito tempo. Nesta segunda-feira (26), 460 deles desembarcarão no país com malas prontas e passaportes emitidos. A novidade, entretanto, é a divulgação do sistema de remuneração, que irá repassar ao governo cubano 70% do salário pago pelo Brasil.

    "Há muito tempo já estava decidida a importação. O dinheiro vai todo para a ditadura cubana. Aliás, todo não. São R$10 mil reais por médico. R$700 ficam com o médico. R$2,3 mil vão para a família do médico em Cuba e R$7 mil serão enviados para a ditadura cubana. Em três anos, o Brasil vai pagar R$1,5 bilhão para Cuba", criticou o jornalista Alexandre Garcia durante comentário para a Rádio Metrópole.

    "Quatro mil médicos estavam em estoque, como mercadoria de exportação, esperando o embarque?", questionou Garcia. Ouça o comentário completo no áudio abaixo:

    http://www.metro1.com.br/-quatro-mil-medicos-...
    #53Autor(a)CARIOCA (324416) 24 ago. 13, 16:43
    Comentário
    Dia 7 de setembro é nosso mais importante feriado nacional.
    Acho que vai haver a maior manifestação do planeta

    https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphoto...

    Esse fdp só podia ser PMDB, mesmo partido do Sergio Cabral, Eduardo Paes, Renan Calheiros, Henrique Alves, Michel temer e o deus da corrupção Sarney.

    O partido mais corrupto que triste política brasileira já conheceu. E apesar de tudo é o partido que tem os cargos políticos mais importantes no Brasil.


    A lista completa com nome, partido e e-mail de cada um dos 104 ausentes

    A seguir, a lista completa dos 104 deputados que não votaram na sessão de ontem (28.ago.2013), quando foi analisado (e rejeitado) o pedido de cassação do deputado Natan Donadon (ex-PMDB), de Rondônia.

    Muitos desses deputados estavam presentes na Câmara, mas preferiram não votar. Para efeitos práticos, é como se tivessem faltado (aqui, a lista de quem esteve presente e não votou).

    Para todos os efeitos, portanto, estavam ausentes da sessão de votação. Ou seja, esses 104 deputados foram explicitamente a favor de salvar o mandato de Natan Donadon: ajudaram a reduzir o quórum e tornaram mais difícil atingir os 257 votos, o mínimo necessário para uma cassação.
    Quem quiser ler<<br/>está aqui
    http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.b...
    #54Autor(a)CARIOCA (324416) 30 ago. 13, 12:08
    Comentário
    https://fbcdn-sphotos-h-a.akamaihd.net/hphoto...

    Não conheço nenhum outro país no mundo onde um deputado, depois de ser condenado por corrupção a 13 anos de prisão possa permanecer no Congresso!
    #55Autor(a)CARIOCA (324416) 31 ago. 13, 04:46
     
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  
 
 
  • Pinyin
     
  • teclado
     
  • Caracteres
     
  • Transcrição fonética
     
 
 
:-) automatisch zu 🙂 umgewandelt