Werbung
LEO

Sie scheinen einen AdBlocker zu verwenden.

Wollen Sie LEO unterstützen?

Dann deaktivieren Sie AdBlock für LEO, spenden Sie oder nutzen Sie LEO Pur!

 
  •  
  • Übersicht

    Portugiesisch gesucht

    comemos Präsens wie Präteritum

    Betreff

    comemos Präsens wie Präteritum

    [Verb]
    Quellen
    Wo ist der Unterschied zwischen beiden Zeiten?
    Verfasser eckcharel (918573) 26 Mär. 13, 10:01
    Quellen
    Diese Frage wäre im Sprachlabor besser aufgehoben, da du keine Übersetzung suchst.
    Kommentar
    Wie so oft, auch in anderen Sprachen, schreibt sich der Pretérito perfeito und Presente in diesem Fall gleich. Man muss aus dem Kontext entnehmen, welche Form gemeint ist.
    Edit:
    Bsp. Ontem comemos pizza no jantar. (pretérito)
    Normalmente, não comemos feijoada no jantar, pois é uma comida muito pesada. (Presente)
    #1Verfasser CARIOCA (324416) 26 Mär. 13, 11:10
    Kommentar
    Em Portugal diz-se:

    Ontem comemos pizza ao jantar.
    Normalmente, não comemos feijoada ao jantar, porque é uma comida muito pesada.

    Comer ao pequeno almoço / almoço / jantar / ao ar livre / às escuras etc.
    #2Verfasser Celtibero (952984) 15 Sep. 13, 19:56
    Kommentar
    Você está certíssimo, mas chegamos a um ponto no Brasil em que o português gramaticamente impecável soa esquisito(é triste, eu sei). No texto escrito eu usaria "ao", numa conversa, "no".

    Seremos responsáveis pela decadência da bela lingua de Camões, já que nossa PresidentA, que deveria dar o melhor dos exemplos é totalmente ignorante da língua. Se quiser se divertir, leia

    http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/d...

    #3Verfasser CARIOCA (324416) 16 Sep. 13, 03:07
    Kommentar
    Como entre os ingleses e os americanos parece, que os portugueses e os brasileiros, também estão condenados a estar separados pela mesma língua, embora a função desta devesse ser unir e não separar.

    “Falo orgulhosamente bem, a minha língua e orgulhosamente mal, todas as outras” – disse, se bem me lembro, Eça de Queirós.

    Não quero comentar, quem está certo ou não. Eu mesmo escrevi “Em Portugal diz-se” e não “Em Português diz-se”.

    Sim, é triste quando as pessoas pagam fortunas para estudar línguas e gramáticas estrangeiras e na língua materna não são capazes de fazer uma concordância.
    #4Verfasser Celtibero (952984) 19 Sep. 13, 00:30
     
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  
 
 
 
 
  automatisch zu   umgewandelt